• michellesampaio

Como as doenças reumáticas interferem na vida sexual?

Atualizado: Mai 3

E dicas de como driblar as dores reumáticas e ter uma vida sexual satisfatória



Quando estamos com alguma dor corriqueira no corpo, como por causa de um tombo ou porque deu mal jeito na coluna, já sabemos que não vai dar para performar com conforto na cama né? Agora imagine quem sofre de doenças reumáticas. Sabia que cerca de 60% dos homens e mulheres com esse problema tem alguma disfunção sexual?


Dores, inchaços, limitação de movimentos e deformidades no corpo causadas por doenças reumatológicas tornam as relações sexuais muitas vezes complicadas, doloridas, incômodas e cansativas. Há também certas medicações que têm como efeitos colaterais alterações hormonais (podendo levar até a uma menopausa precoce), diminuição de libido, de lubrificação e ereção. A perda de libido contudo, faz parte de um quadro mais geral da doença, já que o processo pelo qual o corpo passa acaba interferindo na autoimagem.


A artrite reumatoide, por exemplo, acomete com mais frequência pequenas articulações, mas quando afeta grandes articulações, como os quadris, dificulta algumas posições tradicionais tanto para homens como para mulheres.


As condições físicas levam a um sofrimento que pode desencadear depressão e ansiedade, baixa autoestima e insegurança. Ou seja, o abalo emocional acaba afetando também a saúde sexual.


Mas então quem sofre de queixas reumáticas não pode ter relações? Pode sim! Há maneiras de sublimar a dor, fazer adaptações, e melhorar inclusive psicologicamente. Veja algumas dicas preciosas:


  • divida o que está acontecendo com a parceria, compartilhe como se sente, conte quando está em crise, experimentem até onde podem ir na cama, e assim vocês aprendem juntos a lidar com a nova situação

  • fale com seu médico, se ele não abordar o assunto, aborde você primeiro

  • para puxar assunto com seu médico, pergunte sobre o guia sexual criado pela Sociedade Brasileira de Reumatologia, que tem dicas de posições para quem sofre de queixas reumáticas

  • não se automedique com relaxantes musculares, fale com seu médico antes

  • experimente posições sexuais em que você fique mais confortável, e não esqueça da almofada que pode servir como um ótimo apoio para absorver impactos

  • procure ajuda de um terapeuta sexual para melhorar também nos aspectos emocionais, tão importantes para uma vida sexual satisfatória

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo