top of page

A relação não se “consumou”. E agora?

Já aconteceu com você, ou com alguém que você conhece, de não conseguir ter uma relação sexual, mesmo tendo vontade?

relação não consumada

Você certamente já ouviu falar em 'matrimônio não consumado', um termo usado em culturas em que o sexo antes do casamento é um tabu. Mas e 'relação não consumada'? Esse é o termo usado em culturas em que o sexo independente de casamento é aceito.


Não vou entrar no mérito do 'status'. O que eu quero jogar na nossa conversa é: o que será que acontece para uma relação não ser consumada, mesmo estando tudo bem para que role? Ou em outras palavras: por que alguns casais não conseguem transar?


Não transar pode ter impacto na qualidade do relacionamento e a parceria pode se sentir confusa ou rejeitada. Contudo, muitas vezes não é rejeição - por isso diálogo aberto é sempre fundamental.


Fatores que podem levar uma transa a não acontecer


Já passou pela sua cabeça que a parceria pode ter uma disfunção sexual ou pode estar com alguma questão emocional? Ou que ambas as situações podem estar em jogo?


Até porque, uma coisa leva a outra: um indivíduo pode não conseguir transar por ter uma disfunção sexual, ou pode desenvolver uma disfunção sexual por não conseguir transar.


Existe uma ampla gama de disfunções sexuais que atrapalham os casais. As mais comuns são:


Vaginismo

Classificada como transtorno da dor gênito-pélvica/penetração, é a contração involuntária dos músculos do assoalho pélvico ao tentar a penetração. Essa contração tensiona os músculos ao redor da abertura da vagina deixando-a apertada e estreita, tornando a penetração - seja com pênis, sextoy, dedo ou até num exame ginecológico - super dolorosa e até impossível de se tolerar.


A ansiedade em relação à dor dificulta demais a pessoa a ter relações.


Disfunção Erétil

É a incapacidade de conseguir alcançar e manter uma ereção rígida o bastante para uma penetração satisfatória. Pode acontecer por conta de doenças vasculares, neurológicas,

psicológicas, hormonais e também pelo uso de fármacos.


Ejaculação Precoce

Ocorre quando a ejaculação acontece cedo demais, antes do esperado, até mesmo antes da transa começar ou logo após iniciar. A ansiedade muitas vezes é a causa, e o estresse por conta do problema acaba atrapalhando o casal a ter relações sexuais.


Outros fatores, especialmente os emocionais, também podem impactar bastante. Ansiedade, estresse, falta de educação sexual adequada, medo de sentir dor, tabus, se sentir sob pressão, estar com o pensamento deslocado em outro lugar, preocupações, excesso de expectativa ou até mesmo por uma orientação ou preferência sexual que a outra parte não sabe.


Mas não problematizem. Muitas vezes é um acontecimento isolado. Apesar de estar com desejo, sua cabeça pode ter ido para outro lugar, o clima pode não ter rolado como você estava esperando, não deu aquele match na hora, ou você estava realmente com vontade mas na hora o desejo sumiu. Acontece!


Entretanto, se o cenário persistir, conversem e busquem ajuda. Isso tem como se resolver. A própria terapia sexual é uma grande aliada.


Por fim, deixo para vocês refletirem: a dificuldade de um acaba causando a dificuldade do outro!

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page